Matéria SporTV Palmeiras Campeão da Copa do Brasil 2015

Matéria SporTV Palmeiras Campeão da Copa do Brasil 2015
Matéria SporTV Palmeiras Campeão da Copa do Brasil 2015

Lucas Lima no Palmeiras

Matéria exibida dia 03/12/2015, pelo SporTV, mostrando a trajetória do verdão desde a 1º fase até a grande decisão da copa do Brasil.
GOSTOU? DEIXE SEU LIKE E INSCREVA-SE !
#PalmeirasCampeãoDaCopaDoBrasil

As vitórias sobre o Santos, 2 a 1 no tempo normal e 4 a 3 nos pênaltis, se desenharam durante 90 minutos. Deveria até ter sido menos sofrida. A intensidade de marcação de um time e de outro. Os espaços cedidos. O instinto vencedor de cada palmeirense diante da postura blasé dos adversários. É verdade que o erro de Nilson, na Vila Belmiro, semana passada, foi letal, mas o Peixe teve 90 minutos de Nilson na arena.
Ganhar nos pênaltis, depois do troféu erguido, é genial. Mas para quem fez 2 a 0 a seis minutos do fim e perdeu um gol aos 10 segundos de jogos, soou cruel. Gabriel Jesus ficou cara a cara com Vanderlei, mas finalizou em cima do goleiro. Na saída de jogo, no lançamento injustificável que Arouca interceptou, no toque de primeira de Barrios e na arrancada do moleque, já se notou qual seria a voltagem dos anfitriões.
O Verdão foi convidado pelo Santos a jogar. E aceitou. A marcação alvinegra se afundou quase dentro da área, com defesa, meio e um buraco enorme até a letargia defensiva dos seus atletas mais talentosos. Sobrou muito campo para o Palmeiras armar, criar, pensar… E, mesmo assim, em vários momentos, sobrou chutão. Até quando o Palmeiras poderia armar contra-ataques, optou pela tática do “bico pra frente”, tão criticada durante o segundo semestre. Abaixo, apenas três lances em que se recorreu à ligação direta.
Werley entrou no lugar de David Braz e pode-se dizer que o Palmeiras identificou o “caminho do gol”. O vídeo abaixo mostra que Leandro Pereira havia girado em cima do zagueiro santista na vitória por 1 a 0 pelo Brasileirão. Dessa vez, Barrios também protegeu à frente do camisa 2, e deu uma aula de pivô. Esperou o momento certo e achou o lugar certo para acionar Robinho, facilitado por Thiago Maia, que não acompanhou o meia. Dele pra Dudu, pro gol: 1 a 0.
O Palmeiras teve belas atuações individuais. O pivô de Barrios coroou uma exibição interrompida por dores e uma substituição. Dudu, autor de dois gols, evidentemente precisa ser exaltado. Robinho, Matheus Sales, Vitor Hugo, até o jovem Lucas Taylor e mil vezes Fernando Prass. E no Santos? Lucas Lima teve lampejos que nem valem registro. O gol de Ricardo Oliveira só aconteceu porque a lesão de Thiago Maia impediu Dorival de trocar o centroavante por Nilson (sim, isso estava prestes a ser feito).
Merece aplausos o lateral-esquerdo Zeca. Entre erros e acertos, foi quem manifestou desejo de vencer, seja numa encarada desnecessária em Robinho ou no belo chapéu que aplicou no rival antes de construir a jogada que terminou no chute de Victor Ferraz na trave. Veja abaixo como o lateral-direito entra na área sem a companhia de Gabriel Jesus, que errou: o melhor lance do Peixe nessa segunda partida da decisão da Copa do Brasil. O único. Pouco demais.

Lucas Lima no Palmeiras

12 comments

  1. Robson Menezes Cravo

    Sou Palmeirense de coração desde 1962 vi muitos jogadores passarem pelo palmeiras sinto saudades daqueles esquadrões especulares como Valdir de Moraes Chinesinho Copeu Servilho Cesar Maluco Grande Ademir da Guia Dudu Leão Eurico Ney Leivinha Luiz Pereira e muitos outros Evair Roberto Carlos Cesar Sampaio perdoe-me a todos que não inclui mas todos fazem parte desta lista mas hj a referência no mundo é o Barcelona gostaria de ver meu Palmeiras desfilando pelos gramados do mundo com elegância mostrando o futebol como é Avanti meu Paletra Palmeiras

  2. Ramon Papa

    Obrigado por compartilhar. perdi o programa no dia que passou. Matéria muito bem feita. ……… E dá-lhe PORCO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  3. Saulo Adriano

    Marcelo Oliveira Atleticano que entregou o título da Copa do brasil para o Atlético MG ano passado . Marcelo Oliveira Ze cagão.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *