Ação de busca ativa identifica que 30% dos alunos da rede pública de São Borja não retornaram para as escolas

1 month ago 57

As ações de busca ativa dos alunos para atividades pedagógicas à distância ou para volta às aulas presenciais, na rede municipal de São Borja, foram intensificadas em São Borja. À medida que melhoram os indicadores da pandemia e são menores os riscos de contágio pelo vírus, as secretarias municipais de Educação, de Saúde e de Desenvolvimento Social mobilizaram equipes para encontrar os estudantes.

 O secretário de Educação, João Carlos Reolon, ressalta que as aulas presenciais já foram retomadas há várias semanas, mas, mesmo assim, 30% dos alunos ainda não foram às escolas. "O estudante e sua família podem optar pelo não retorno ainda, mas nós precisamos realizar o controle para saber se as tarefas pedagógicas propostas estão sendo desenvolvidas", ressalta Reolon.

Em reunião, as direções das escolas e os orientadores educacionais tiveram reforçado o pedido no sentido de coordenar ações para que a busca ativa aconteça. O passo inicial é procurar os alunos ausentes das tarefas e seus familiares através de canais remotos, como telefone, redes sociais ou e-mail, por exemplo. Se este meio não surtir resultados, a recomendação é para um contato presencial.

 O índice de presença dos alunos varia bastante entre as escolas. De qualquer modo, o estudante não comparecendo presencialmente, terá que realizar as tarefas pedagógicas oferecidas, como condição para que seja avaliado. "Aquele aluno que não entregar os trabalhos e se omitir às atividades propostas, não poderá ser aprovado", explica o secretário.

Read Entire Article