Brasil de Pelotas perde para o Guarani de Campinas

5 months ago 37

O Guarani quebrou uma série de três jogos sem vencer ao bater o Brasil de Pelotas por 2 a 0, na noite desta sexta-feira (7), no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, pela 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. De quebra, se aproximou do G-4.

Quer continuar lendo este e outros contedos srios e de credibilidade?
Assine o JC Digital com desconto!

Desktop/tablet/smartphone

  • Personalize sua capa com os assuntos de seu interesse
  • Acesso ilimitado aos contedos do site
  • Acesso ao Aplicativo e verso para folhear on-line
  • Contedos exclusivos e especializados em economia e negcios
  • Cancelamento on-line e a qualquer momento

Assine J nosso assinante? faa login

O Guarani quebrou uma série de três jogos sem vencer ao bater o Brasil de Pelotas por 2 a 0, na noite desta sexta-feira (7), no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, pela 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. De quebra, se aproximou do G-4.

Com o resultado, o Guarani subiu para a quinta posição, com 26 pontos, mesma pontuação do Avaí, em quarto. O Brasil ficou com 12, mas ainda pode ser ultrapassado pelo lanterna Confiança, com dez.

O Guarani sentia falta de seus dois principais jogadores - Régis e Rodrigo Andrade - e pouco ameaçava o Brasil. Tanto que a primeira finalização veio apenas aos 21 minutos. Índio arriscou de fora da área e mandou por cima. A resposta xavante veio em chute de Netto nas mãos de Gabriel Mesquita.

O panorama da partida não mudou com o passar do tempo. O time campineiro tinha dificuldades para criar lances de perigo e não acertava o último passe. Quando parecia que o placar não seria mexido no intervalo, o Guarani marcou aos 44 minutos graças a um pênalti bizarro.

Após cobrança de escanteio, a bola estava com o goleiro Matheus Nogueira e Wesley acabou chutando Thales sem bola. O bandeirinha viu e avisou o árbitro, que marcou pênalti. Bruno Sávio cobrou no meio do gol e colocou o time campineiro na frente.

O panorama do segundo tempo foi muito semelhante. Ambas as equipes encontraram dificuldade em criar chances de gol. Allan Victor arriscou de longe, mas sem perigo ao gol de Matheus Nogueira. Renatinho respondeu com um arremate de primeira, só que jogou pela linha de fundo.

O Guarani seguiu sendo mais eficiente e ampliou aos 36 minutos. Bruno Sávio tabelou com Eduardo Person, entrou na área e deu uma cavadinha. Bidu apareceu para empurrar de cabeça. O Brasil não encontrou forças para reagir e acabou aceitando a derrota.

O Guarani volta a campo na terça-feira, contra o Avaí, às 19 horas, na Ressacada, em Florianópolis. Na quarta, o Brasil recebe o Coritiba, às 16 horas, no Bento Freitas, em Pelotas. Os jogos são válidos pela 17ª rodada.

Agncia Estado

Read Entire Article