Com Bottas à frente, Mercedes domina treino livre nos EUA

1 month ago 19

Com Valtteri Bottas à frente, a Mercedes dominou o primeiro treino livre do GP dos Estados Unidos de Fórmula 1, nesta sexta-feira (22). O piloto finlandês foi seguido de perto pelo inglês Lewis Hamilton no Circuito das Américas, em Austin. O holandês Max Verstappen, da Red Bull, foi o terceiro mais veloz.

Quer continuar lendo este e outros contedos srios e de credibilidade?
Assine o JC Digital com desconto!

Desktop/tablet/smartphone

  • Personalize sua capa com os assuntos de seu interesse
  • Acesso ilimitado aos contedos do site
  • Acesso ao Aplicativo e verso para folhear on-line
  • Contedos exclusivos e especializados em economia e negcios
  • Cancelamento on-line e a qualquer momento

Assine J nosso assinante? faa login

Com Valtteri Bottas à frente, a Mercedes dominou o primeiro treino livre do GP dos Estados Unidos de Fórmula 1, nesta sexta-feira (22). O piloto finlandês foi seguido de perto pelo inglês Lewis Hamilton no Circuito das Américas, em Austin. O holandês Max Verstappen, da Red Bull, foi o terceiro mais veloz.

A dupla da Mercedes impôs quase um segundo de vantagem sobre o líder do campeonato, que registrou 1min35s806 na melhor de suas 16 voltas. Bottas anotou 1min34s874, em 17 giros, e Hamilton 1min34s919, em 18 voltas. Depois do trio, vieram os carros da Ferrari. O monegasco Charles Leclerc marcou 1min36s334, enquanto o espanhol Carlos Sainz Jr. registrou 1min36s508.

O Top 10 desta primeira sessão livre contou ainda com o francês Pierre Gasly no quinto lugar (1min36s611), à frente do mexicano Sergio Pérez (1min36s798). O jovem britânico Lando Norris anotou o sétimo tempo (1min36s855), enquanto o italiano Antonio Giovinazzi (1min36s874) marcou a nona colocação. O veterano finlandês Kimi Räikkönen fechou o Top 10: 1min36s876.

A primeira atividade na pista no Circuito das Américas foi relativamente tranquila, sem maiores sobressaltos. O espanhol Fernando Alonso rodou logo na primeira volta, parando sua Alpine na área de escape da curva 12, forçando a bandeira vermelha de forma precoce.

E, nos segundos finais da sessão, Pérez acertou o russo Nikita Mazepin, tirando o rival da Haas da pista, mas sem maiores consequências. E Räikkönen rodou sozinho após cometer erro na curva 9.

Bottas, o britânico George Russell e o alemão Sebastian Vettel entraram na pista já sabendo que teriam um fim de semana difícil pela frente. O trio sofreu punições por trocar componentes dos seus motores, acarretando em perda de posição no grid de largada, no domingo.

Russell e Vettel, tetracampeão mundial, vão enfrentar as maiores sanções. Devem largar das duas últimas posições, a depender do resultado do treino classificatório, no sábado. Bottas perderá cinco colocações, após realizar novas mudanças em seu motor, algo que já havia feito no mês passado, no GP da Itália, quando largou da última posição.

A terceira sessão será realizada às 15h de sábado, três horas antes do início do treino classificatório, que definirá o grid de largada. No domingo, a largada será às 16 horas.

Read Entire Article