Inaugurado em 1921, Porto da Capital comemora 100 anos

3 months ago 18

No dia 1 de agosto, o Porto Organizado de Porto Alegre completou cem anos. Desde a chegada dos primeiros imigrantes açorianos, a cidade já contava com uma modesta estrutura de acostagem de embarcações, mas foi depois do processo de abertura da Barra do Rio Grande que o sonho de edificar um porto comercial às margens do Guaíba começou a se tornar realidade.

Quer continuar lendo este e outros contedos srios e de credibilidade?
Assine o JC Digital com desconto!

Desktop/tablet/smartphone

  • Personalize sua capa com os assuntos de seu interesse
  • Acesso ilimitado aos contedos do site
  • Acesso ao Aplicativo e verso para folhear on-line
  • Contedos exclusivos e especializados em economia e negcios
  • Cancelamento on-line e a qualquer momento

Assine J nosso assinante? faa login

No dia 1 de agosto, o Porto Organizado de Porto Alegre completou cem anos. Desde a chegada dos primeiros imigrantes açorianos, a cidade já contava com uma modesta estrutura de acostagem de embarcações, mas foi depois do processo de abertura da Barra do Rio Grande que o sonho de edificar um porto comercial às margens do Guaíba começou a se tornar realidade.

As obras tiveram início no ano de 1910, durante o governo de Carlos Barbosa, e foram entregues em 1º de agosto de 1921, ao então governador Borges de Medeiros. Na ocasião, o porto contava com o prédio administrativo, armazéns de estrutura metálica e o tradicional pórtico de entrada. O crescimento seguiu ao longo dos anos com as inaugurações do Cais Navegantes, em 1949, e do Cais Marcílo Dias, em 1956. A conclusão do Porto como se conhece hoje aconteceu em 1962.

O Porto de Porto Alegre acompanhou o crescimento da cidade, sendo importante também para o desenvolvimento do estado. A partir de 2005, as operações foram concentradas no Cais Navegantes, uma decisão que permitiu a ampliação das atividades e a aquisição de novos e modernos equipamentos.

Atualmente ele se destaca por sua diversidade operacional, com uma movimentação média de um milhão de toneladas por ano. São cargas de fertilizantes, cevada, trigo, sal, entre outras. Com a extinção da Superintendência de Portos e Hidrovias (SPH), ele passou a ser administrado pela Superintendência dos Portos do Rio Grande do Sul (Portos RS).

Quanto ao primeiro semestre deste ano, os fertilizantes seguram liderando o ranking em Porto Alegre, com 399.238 toneladas movimentadas. A lista de movimentações é seguida pela cevada, com 84.265 toneladas, trigo, com 32.095 toneladas, sal, com 20.280 toneladas, e outros tipos de cargas que juntas somam a quantidade de 463 toneladas. O aumento percentual da movimentação do porto da capital foi de 28,27% em relação ao mesmo período do ano passado.

A inauguração do Cais Embarcadero que aconteceu no início deste ano, representa a possibilidade de uma integração ainda maior entre o terminal, os porto-alegrenses e os gaúchos.

Ainda para qualificar o porto da Capital, na semana passada a Portos RS e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) assinaram um contrato para o monitoramento de todas as condicionantes ambientais na área. O ato aconteceu na sede do clube Veleiros do Sul.

De acordo com o diretor de qualidade, saúde, meio ambiente e segurança da Portos RS, Henrique Ilha, "a partir desse contrato, vamos começar a cumprir todos os protocolos de monitoramento e com isso proteger o meio ambiente com a melhor técnica possível", explicou.

Read Entire Article