Pluralidade nas artes cênicas é foco de evento na Ufrgs a partir desta segunda-feira

1 month ago 39

teatro

- Publicada em 05/12/2021 s 15h19min.

'A mulher arrastada', de Celina Alc

'A mulher arrastada', de Celina Alcntara, uma das produes divulgadas no seminrio


REGINA PEDUZZI PROTSKOF/DIVULGAO/JC

A partir desta segunda-feira (6), até o dia 10 de dezembro, das 14h às 18h, o Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Ufrgs realiza de forma online e gratuita o II Seminário Discente Narrativas Diversas nas Artes Cênicas. As temáticas abordadas incluem a cena negra, artes cênicas e feminismos, acessibilidade, o queer e a cena, entre outras.

Quer continuar lendo este e outros contedos srios e de credibilidade?
Assine o JC Digital com desconto!

Desktop/tablet/smartphone

  • Personalize sua capa com os assuntos de seu interesse
  • Acesso ilimitado aos contedos do site
  • Acesso ao Aplicativo e verso para folhear on-line
  • Contedos exclusivos e especializados em economia e negcios
  • Cancelamento on-line e a qualquer momento

Assine J nosso assinante? faa login

A partir desta segunda-feira (6), até o dia 10 de dezembro, das 14h às 18h, o Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Ufrgs realiza de forma online e gratuita o II Seminário Discente Narrativas Diversas nas Artes Cênicas. As temáticas abordadas incluem a cena negra, artes cênicas e feminismos, acessibilidade, o queer e a cena, entre outras.

O projeto visa divulgar produções de doutorado e pós-doutorado com uma sessão especial de pesquisas em desenvolvimento no mestrado. O evento oferecerá certificado de participação ao público, que poderá interagir com os artistas e pesquisadores durante a transmissão do evento pelo canal de YouTube do PPGAC Ufrgs.

A partir das sessões apresentadas, um e-book de acesso gratuito será produzido, com lançamento previsto para o ano que vem. A coordenação do seminário é de Andréa Moraes e Jackson Tea, com organização dos discentes Débora Allemand, Betha Medeiros, Pedro Delgado, Alessandra Souza, Filipe Resende, Daniel Aires, Tiago Pirajira e Luciano Tavares.

Read Entire Article