Rio Grande vai promover mutirão de cirurgias e consultas de catarata

1 week ago 9

A prefeitura de Rio Grande, o governo do Estado e a administração da Santa Casa assinaram um termo de compromisso para oferecimento de um mutirão de cirurgias e consultas de catarata. As cirurgias vão ser, especificamente, para a população residente no município. Na primeira etapa do mutirão e até o final desse ano serão atendidos 320 pacientes, que já passaram pela triagem e estão na fila de espera para a cirurgia. Os procedimentos devem iniciar em novembro.

O mutirão foi pactuado com o Estado, a partir do levantamento dessa demanda, no começo do ano. A administração municipal identificou 1.200 pacientes aguardando pela cirurgia há, pelo menos, quatro anos. Para dar conta dessa fila, o Executivo encaminhou o projeto à secretaria estadual da Saúde (SES), que culminou com a assinatura deste termo de compromisso.

 "Como o objetivo do mutirão é a cirurgia de catarata, o paciente vai ser chamado, passará por uma consulta, será avaliado e seguirá para a cirurgia. Tanto as cirurgias como as consultas vão ser realizadas na Santa Casa. Não serão chamados pacientes da região (Sul), somente de Rio Grande", esclareceu a titular da Saúde de Rio Grande Zelionara Branco. Ela calcula que, se forem os pacientes que aguardam por uma consulta, cirurgias e avaliação, o total chega a 5 mil pessoas.

Dados divulgados pela secretária Arita Bergmann citam que o contrato prevê 320 consultas/mês, 2.560 exames e 160 cirurgias/mês. O valor total do contrato gira em torno de R$ 200 mil, dos quais uma contrapartida é da prefeitura do Rio Grande. A intenção do governo estadual é dar continuidade ao contrato, mediante pedido de habilitação da Santa Casa junto a Coordenadoria Regional da Saúde, além de ampliá-lo, se for de interesse mútuo.

O prefeito, Fábio Branco, enalteceu a importância dessa ação e do trabalho desenvolvido pela Santa Casa, que tem recebido apoio de diversos setores e autoridades da cidade e região, como o superintendente dos Portos, Fernando Estima e o Ministério Público. "Temos que firmar parcerias e ter vontade política para atender todas as pessoas. Esse ato vai servir para transformar a Santa Casa num centro de referência para a região", afirmou o prefeito. As primeiras cirurgias devem ocorrer na primeira quinzena de novembro.

Read Entire Article